Mobilização contra Governo Rui Costa ocupa centro de SAJ

O recado dado a Rui Costa pela APLB Sindicato nesta quarta-feira, 19/02, em Santo Antônio de Jesus, foi claro: a política desse governo, que destrói a educação fechando escolas, e empurra uma truculenta reforma da previdência aos servidores do estado, não será tolerada.

O inicio do protesto ocorreu às 9h em frente ao Núcleo Territorial de Educação 21, após uma leve chuva. Na ocasião, diversos trabalhadores, além de estudantes do Colégio Estadual Democrático Dr. Rômulo Almeida permaneceram concentrados no local, discorrendo sobre as contradições do Governo Rui Costa.

Entre inúmeras discussões, o movimento denunciou o enfraquecimento que a Reforma do Ensino Médio vai causar na escola pública da Bahia e também ressaltou a omissão dos deputados estaduais, que, preferiram jogar a bomba no colo dos trabalhadores, ao invés de assumirem o ônus de fazer um debate desgastante mas necessário em torno da PEC 159.

Os estudantes do Rômulo Almeida também manifestaram profunda indignação contra o governo, já que o prédio do colégio foi demolido em 2017 e as obras para reconstrução ainda não começaram. Enquanto isso, os alunos estudam temporariamente na sede do IFBA e sofrem com um futuro incerto.

O momento reuniu vários professores que fazem parte da APLB Regional Serrana, coordenada por Alina Rita. O sindicato já aprovou em assembleia o indicativo de greve e está aberto para o diálogo até o dia 04 de março. Mas, caso o governo do estado não atenda à pauta de reivindicações, uma greve geral poderá acontecer.

Veja alguns cânticos de protesto durante a manifestação:

“Traição não tem perdão. Nós queremos revogação!”

“A nossa luta, unificou. É estudante junto com trabalhador!”

“Se a juventude se unir, o Jerônimo vai cair, vai cair, vai cair!”

“Estudantes na rua, Rui Costa a culpa é sua!”

“A nossa luta é todo dia, educação não é mercadoria!”

Veja todas as fotos aqui
Veja o vídeo aqui


Ivisson Costa (MTb 6006-BA)
Jornalista

Contatos para a imprensa
Telefone: (75) 3621-1850
WhatsApp Sindical: (75) 9 8337-5350